Recife, Pernambuco - Brasil

Feira de Orgânicos

OBJETIVO

Ampliar a participação do Governo do Estado no desenvolvimento sócio-ambiental, dando sustentabilidade a agricultura familiar. Especificamente pretende-se:

  • Promover o desenvolvimento da agricultura orgânica familiar, possibilitando aos pequenos agricultores melhores condições para comercialização da sua produção, oferecendo toda uma logística compatível com suas necessidades;
  • Diversificar o mix de produtos da CEASA-PE, que já conta com uma gama significativa de produtos hortifrutícolas convencionais, frios / laticínios, cereais / estivas, pescados, carnes / derivados, flores e outros;
  • Contribuir para a preservação do meio-ambiente apoiando o desenvolvimento de um sistema de produção e distribuição ecologicamente correto, e estimulando a fixação do homem no campo.

 

 

ASPECTOS FAVORÁVEIS A LOCALIZAÇÃO DE FEIRA DE ORGÂNICOS NA CEASA-PE

  • Instituição de referencia nacional no processo de comercialização agrícola
  • Demanda reprimida nesta Central de Abastecimento por produtos orgânicos
  • Localização estratégica para os agricultores: entroncamento das BRs 101 e 232
  • Incentivo ao relacionamento agricultor familiar / consumidor
  • População flutuante da CEASA: Circulação de 30 mil pessoas diariamente
  • Apoio institucional: Governo do Estado/ SARA (IPA / CEASA / ADAGRO)
  • Estrutura logística adequada para eventos comerciais dessa natureza
  • Instituição com larga experiência no suporte as Políticas de Abastecimento Alimentar

 

FICHA TÉCNICA

Início da feira

12.03.2008

Local 

Espaço Comercial do Reciflor no estacionamento externo (gratuito) do CEASA.

Funcionamento

Toda 4ª feira a partir das 4h 

Público Alvo 

Consumidores domésticos, restaurantes naturais e fornecedores. 

Entidades envolvidas

CEASA-PE -> Apoio logístico

IPA -> Apoio técnico

ADAGRO -> Coleta dos produtos para análise

ITEP -> Análise laboratorial

Monitoramentos Agrotóxicos  

A ADAGRO faz a coleta dos produtos, aleatoriamente e o ITEP analisa as amostras. Os agricultores cuja cultura apresente resíduos de agrotóxicos são excluídos da feira.

Procedência Agricultores

Pombos, Chã Grande, Amaraji, Vitória de Santo Antão, Gravatá, Glória de Goitá, Feira Nova e Camaragibe.

Nº  de Agricultores

Foram cadastrados cerca de 100 agricultores, porém a freqüência média é de 30 agricultores/feira, porque depende da disponibilidade da produção.

Produtos comercializados

São comercializadas cerca de 120 variedades de produtos agropecuários e derivados: folhosas (carro chefe), hortaliças frutos, raízes, frutas sazonais e ovos caipira. Produtos beneficiados, grãos, condimentos, doces, etc...  

Volume e valor médio comercializado

15 t/mês que representa uma movimentação financeira em torno de R$ 30.000,00.

Infraestrutura

Área coberta de 600m² / Estacionamento / Vigilância / Sanitários / Sala de apoio / Carrinhos de compras / Balanças Eletrônicas / Lanchonete  

Tabela de Preços

Os preços são fixados, em reunião, pelo grupo de agricultores e representantes das ONGs. ​

Contato

(81) 3035-8045 

 

 *Informações fornecidas pelo Departamento Técnico do Ceasa (DETEC) em março de 2017.