CONFIRA NOSSAS COTAÇÕES
Horário da CEASA - Domingo/Segunda: início à meia-noite do domingo às 18h da segunda-feira | Terça à Sexta: das 03h às 18h | Sábados: das 03h às 12h   Feira de Orgânicos - Toda Quarta, das 05h às 10h   Feira de Flores - Terças/Quintas/Sábados das 05h às 07h
CEASA-PE > Notícias
 
24.01.2011
A uva chega ao agreste e mata norte de Pernambuco
 

   O sertão de Pernambuco, no Vale do São Francisco, não é mais a única região de cultivo da uva no Estado. Há um crescimento significativo na produção em municípios da zona da mata norte e no agreste. É o que se pode constatar nos municípios de São Vicente Férrer e Macaparana. Com ajuda das pesquisas e com o trabalho de orientação da Embrapa, os agricultores dos dois municípios estão colhendo duas safras por ano e triplicaram a produção que era de 12 toneladas em apenas uma safra, para 50 toneladas em duas safras.

   Segundo a pesquisadora da Embrapa, Selma Tavares, em depoimento à revista da Amupe, foi possível triplicar a produção de uva na área citada usando para isso tecnologia de conservação do solo, ordenamento de pulverizações e o manejo da videira. Atualmente a região da mata de Pernambuco possui cerca de 600 hectares de terra plantadas com a cultivar Isabel, que é conhecida como uma uva de mesa e está sendo muito usada, também, para produção de sucos e vinhos.

   O município de São Vicente Férrer, também um grande produtor de bananas, vem se dividindo com a cultura da uva. Junto com os municípios de Macaparana e Timbaúba, uma área que faz divisa entre a mata e o agreste, dominam toda a produção desse novo pólo da vitivinicultura pernambucana.

 
Fonte: site Nordeste Rural
 
© 2014 CEASA Pernambuco.
Todos os direitos reservados
BR 101 Sul • Km 70 • Edifício Adm. Central • 2º Andar
Curado • Recife PE • 50790-900 3035-8000
CNPJ: 06.035.073/0001-03
Topo